Resenha do Tommy Girl

domingo, novembro 11, 2012

0 comentários

Boa noite cheirosos, tudo bem?
O post de hoje traz a resenha mais pedida até agora aqui no blog: do perfume Tommy Girl, da grife Tommy Hilfiger. Este perfume foi lançado em 1996, composto como uma declaração de independência, Tommy Girl deve seu caráter fresco de flores de maçã groselha árvore, e camélia, e sua energia para cítrica verde combinada com tangerina e folhas de  hortelã. Revela uma personalidade forte, com a presença de flores sensuais, como madressilva , lírio, rosa e magnólia, fusão com sândalo sensual e madeira de cedro.

Bem, algo inusitado aconteceu comigo quando usei Tommy Girl pela última vez (ontem!). Eu gostei, mas ninguém ao meu redor curtiu o perfume, o que é a coisa mais esquisita do mundo. É forte, é floral, e deve ser usado com parcimônia. Não comprem sem uma amostrinha, pois é do tipo ou-amo-ou-odeio. Por ser um perfume dito diurno (mas que eu considero noturno), eu não compraria, já que existem vários perfumes mais gostosos e agradáveis que cumprem esse papel, além do fato de não ser fã de perfumes muito marcantes, já que tendem a ficar enjoados. Eu gosto da embalagem, acho que combina de forma bacana com a identidade visual da marca. A fixação é legal. 

FRAGRÂNCIA: 5/10
SUCESSO: 1/10
EMBALAGEM: 8/10
FIXAÇÃO: 7/10

NOTA PARA O PERFUME: 5,2

Beijos e uma ótima semana,
Mari

0 comentários:

Postar um comentário

Página Anterior Próxima Página Home

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner