Resenha Lou Lou, de Cacharel

sexta-feira, julho 27, 2018

0 comentários
Boa noite cheirosos, tudo bem? Vamos de clássico hoje? Novamente, Cacharel. Dessa vez com Lou Lou:

Clássico absoluto da perfumaria mundial, o perfume Lou Lou de Cacharel foi um dos perfumes mais procurados da década de 1980 e, mesmo com o passar dos anos, não perdeu a majestade.

A fragrância é inspirada na figura da atriz e dançarina americana Louise Brooks, famosa principalmente nos anos 1920 pelo filme “A Caixa de Pandora”, em que sua personagem chama-se Lulu. Seu estilo de cabelo tornou-se um verdadeiro ícone durante várias décadas, e sua ousadia virou referência para a produção dessa elegante fragrância.
A essência é hipnotizante desde o primeiro instante, e isso explica tamanho sucesso. É ideal para momentos noturnos, em que a mulher deseja estar simplesmente reluzente, marcante e inconfundivelmente poderosa. Doce, floral e intensa, essa mistura aromática mexe com os sentidos de quem a sente. O conhecido e inconfundível frasco azul vem em formatos variados, conforme o tamanho da embalagem.

As notas de cabeça contêm canela chinesa em pau, ameixa, lírio, íris, mimosa, violeta, jasmim e cássia. Ylang-ylang, heliotrópio, raiz de lírio, tuberosa e flor de laranjeira compõem as notas de coração. Nas notas de saída, incenso, baunilha, benjoim, musk e sândalo.

(AAZ Perfumes)

RESENHA:

Começo alertando: Lou Lou é uma bombinha. Ele PROJETOU na minha pele por praticamente 4 horas. Depois, ficou rente, com uma baunilha muito gostosa, por sinal. Na minha pele, 2 notas predominaram, ele foi bem linear pelas 4 horas, e depois só restou a baunilha - por mais 6. Mas aí você tem que se cheirar para sentir - que foram a canela chinesa em pau e a tuberosa. Ele é tão forte que me incomodou, e ele demora pra caramba de acalmar. Considerem que minha pele não é boa (aliás, é péssima) para perfume. Então eu não usaria de novo. Ele é um perfume que muita gente vai torcer o nariz, acredito que quem goste de florais ou especiados, e bombinhas, vão amar. Claramente um perfume noturno, e eu não recomendo blind dele. Associado a canela e a tuberosa, ele tem aquele cheirinho de perfume vintage, oitentista, bem clássico. Ninguém comentou e eu não curto tanto a embalagem dele, mas vou considerar ela ser super icônica. 

FRAGRÂNCIA: 1/10
EMBALAGEM: 3/10
SUCESSO: 3/10
FIXAÇÃO: 7/10
PROJEÇÃO: 10/10

NOTA: 4,8

0 comentários:

Postar um comentário

Página Anterior Próxima Página Home

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner